Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CincoLusosOceanos



Quarta-feira, 23.12.15

Engonhomistas Excelentíssimos!

11049105_1616732698608542_5435394729066186980_n.jp



Quanto à velha guerra entre Economistas Keynesianistas e Não Keynesianistas, ou entre os apologistas de Von Mises, e os apologistas dos Não Von Mises, ou sobre os Marxistas e os Não Marxista, tal coisa é tão absurda e tão estapafúrdia, como alguém querer correr os mil metros em linha recta, com um dos olhos tapados, ou um dos braços atrás das costas, ou quer desapertar uma porca quando só tem uma chave de parafusos, ou só ou querer apertar um parafuso de fenda com uma chave de porcas, ou como um Físico só quer usar a Mecânica, ou um Químico só quer usar a Química Inorgânica.
É só desperdiçar meios e ferramentas, e chegar a resultados inúteis, absurdos ou errados, ou então toca de distorcer a realidade para bater certo no fim, com a ferramenta e a teoria usada!
E um dos motivos para isso é que os Economistas ficaram convencidos há uns anos, que lá por usarem ALGUMA matemática como ferramenta, que Economia É Ciência!
Mas afinal é Só porque a Economia é colocada usualmente na área de estudos das ciências sociais, mais uma vez só, porque na realidade não é manifestamente da área de letras, e usa algumas ferramentas usadas pela área de ciências!
É essa falta da racionalidade no aproveitamento das teorias e das ferramentas ao dispor, e a sua total ausência de espírito cartesiano, e a sua fé inabalável em uma só teoria, que nos traz ao ponto a aonde estamos, no meio de uma interminável, estéril e facciosa discussão, esgrimindo actos de fé como se fossem verdades científicas!
Um atraso de vida!
Mas, não é só uso do Formalismo Matemático Cartesiano que a coisa falha no fim, é por falhar logo no princípio, pela ausência de aplicação do método cartesiano logo no início:
"O Método cartesiano, criado por René Descartes, consiste no Cepticismo Metodológico - duvida-se de cada ideia que pode ser duvidada. Descartes institui a dúvida: só se pode dizer que existe aquilo que possa ser provado. O próprio Descartes consegue provar a existência do próprio eu (que duvida, portanto, é sujeito de algo - cogito ergo sum: penso, logo existo), considerando o ato de duvidar como indubitável.
Também consiste o método, na realização de quatro tarefas básicas: Verificar se existem evidências reais e indubitáveis acerca do fenómeno ou coisa estudada; analisar, ou seja, dividir ao máximo as coisas, em suas unidades de composição, fundamentais, e estudar essas coisas mais simples que aparecem; sintetizar, ou seja, agrupar novamente as unidades estudadas em um todo verdadeiro; e enumerar todas as conclusões e princípios utilizados, a fim de manter a ordem do pensamento."
O erro é logo por não haver Cepticismo Metódico, nem as 4 Etapas, no seu trabalho, se houvesse, descobririam que não podiam aplicar "formalismo matemático cartesiano a meios tão complexos e não-lineares quanto as sociedades" coisa que qualquer cientista saberia!
Mas o economista faz esse disparate "Em Uma Molécula Hipotética De Acção Económica… O chamado Homo Oeconomicus.
"Este é o carácter que habita os textos de economia, e nos seus modelos de computador, que são os ditadores silenciosas de análise e da política.
Os economistas são uns completos vesgos e míopes, sempre ufanos das suas “auto nomeadas científicas teorias” e cheios de egoísmo passam pela vida maniqueistamente actuando só com um cálculo implacável e infalível de perdas e ganhos em tudo. "Não há afinidades sociais, são alheios ao contexto social, e não têm capacidade ou disposição para pensar em ninguém além de eles próprios e as suas “teorias”.
Basicamente, eles, os Economistas, apresentam o desenvolvimento psicoemocional de uma criança de três anos, apenas com melhores habilidades em matemática.”
São estes Economistas de folha de Excel, e das autopsias do passado, sempre a tentarem encaixar modelos mal-amanhados construídos para a publicação na revista da moda do momento, feitos à martelada, porque têm que ser, e do que se deu resultado na Cochinchina, tem que dar resultado no Polo Norte, mesmo que lá… Não haja camelos!
Nem com os Financeiros seus comparsas na farsa, estes viciados No Jogo Da Banca, que não é a Francesa, mas sim a Banca e a Bolsa de Cotações de Acções de Corporations & Futuros, usando as teorias dos jogos e os teoremas Monte Carlo, e Outros, colocando os jogos de azar e fortuna dos piores casinos, ao nível da simples brincadeira de crianças
Uns e outros, sempre debitando o seu achismo! Acham Sempre que não há outra saída, além de ser bons alunos das suas mal-amanhadas teorias da sua moda do momento, e ordenam que os outros obedeçam tal como o cão de Pavlov, e façam o que vos dizemos, custe o que custar, porque assim tem de ser, que nós o dizemos, e se dizemos estamos certos, é a mais moderna teoria científica não há que duvidar, pelo que obedeçam, vão por aqui, não há outra saída! Não há alternativa!
Estes são os Engonomistas Excelentíssimos, os Economistas & Financeiros, que cheio da sua verdade, se julgam auto suficientes, e se declaram detentores do mundo, e que nem fazem ideia que têm que trabalhar com os Engenheiros, os Sociólogos, os Médicos, os Arquitectos e os de Direito, e com ética e valores, porque isso já nem se ensina nos cursos que tiraram, desde que os Chicago Boys cheios das suas certezas absolutas e os Yuppis corretores, alardeavam o êxito da nova teoria a facturarem milhões na roleta dos casinos das Bolsas, ao mesmo tempo que abraçam o egoísmo primário à lá Ayn Rand, julgando que jamais iriam precisar de alguém.
Eles já nem sabem que precisam de trabalhar em prole da sociedade e dos cidadãos, só lhes ensinam nesses cursos de Económicas & Financeiras, que a sua missão é Gerar Valor para os accionistas, de preferência que dobrem todos os anos, e que estes em troca lhes arranjam comissões e prémios de desempenho, que talvez também dobram todos os anos. Ganância gera ganância!
Nem com os Banksteres ao seus aliados, sempre a enganar permanentemente o cidadão incauto com Golden Cards, e empréstimos instantâneos a 25 vezes o valor do rácio. Leve 3 e pague tudo quando não mais puder. Não pode? Não se preocupe a taxazinha só passa para 50 Vezes após o período de carência de dois anos, não se preocupe agora não paga nada, e até lhe damos a mobília da casa, e ainda leva mais um emprestimozinho para a TV, para o Carro e para a Casa de Férias… Vai um Time Sharing, nas malucas das Molucas!?
Tudo num completo esquema PONZI, que irá redundar numa bolha qualquer, já ali, ao virar da bolha anterior!
Depois a culpa é sempre do Cisne dito Negro, não deles! E, quando isso já não pega, então são os cidadãos, que gastaram acima das suas possibilidades… Então não estão a ver que é falta de literacia económica, só porque são trouxas, incompetentes. Então não sabem o que é um Spread, uma Lisbor, um Yeld ou Rating? Não estão a ver a coisa, não há almoços grátis, nem férias nem casas...
Nem nas Económicas & Financeiras de hoje são Económicas & Financeiras, são hoje mais no estilo de económicos & bagaceiras, já que de Económicas tem pouca de pouca coisa, que isso de passar mal que passem os outros, e de Financeiros só Bagaceiros, porque estão todos bêbados de Rating's, Juros Extorsionários, Dividendos, Yields, e afins, em esquemas onde está tudo a se babar pelos dividendos dobrados cada ano, numa quimera de crescimento infinito, enquanto vão metendo ao bolso as desmesuradas percentagens contratuais, escritas aqui e ali, nas letras que mal se lêem no fim da pagina dos contractos, e no das Comissões e Rendas Ad Eterno!
Seus trouxas! Não estão a ver!? Este mundo é dos espertos! Dizem ufanos!
Desde que nesse jogo sujo quem se lixe não sejam eles, os ditos auto propalados espertos!
Nem aos seus Políticos amestrados, mais Pulhiticos que Políticos, que estão espalhados por todo o lado, e que no final e no princípio, estão ao serviço objectivo de Financistas & Banksteres, usando a garantia dos estados, e por isso dos cidadãos, para que eles os Financistas & Bankster's & Corporations SA vivam e prosperem do Corso Financista do Estado, e das PPP's, e dos Projectos & Empreendimentos, e dos Ratings das Nações, bem como à conta das contribuições das Poupanças e dos Fundos de Pensões dos cidadãos!
Nem os seus homens de mão, ao seu serviço no Direito, mas pouco, nos gabinetes da moda, fazedores das leis só para favorecimento deles, e refazendo as que não favorecem os Financistas & Bankster's & Corporations SA, fazendo e refazendo as leis que lhes convêm para se safarem a si próprios, sem cuidarem da justiça dos Cidadãos e das Empresas Não-Corporations e muito menos do Estado de Direito!
Muito científicos estes rapazes, definido a sua Humanidade para se ajustar à teoria, em vez da teoria para descrever a realidade da Humanidade.
Mas como é isso que convém aos seus inconfessáveis interesses, logo então, tal passa a ser a verdade e a vida, e o que desejam impor de forma universal!
Julgam-se astrónomos mas nem a astrólogos chegam! Zoroastro faria melhor!
E é esta gente que os "políticos" ouve, como fossem o oráculo supremo de Zeus!
Muitos Científicos Estes Rapazes!

JB
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cincolusosoceanos às 22:49


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2015

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031